Resenha Literária: Histórias de Atréfora.

5 de agosto de 2015

Meninas...

E hoje temos resenha literária!!!! O livro de hoje é uma bela aventura!
Trago hoje o livro Histórias de Atréfora dos autores Layane Ventura e Ismael Artur.


O livro de hoje divide opiniões! E você, não quer saber de que lado vai ficar?
Então, vamos embarcar nesse post. Vamos lá ;)

Oiiie Miinhas Cutes!

Vou dar um recadinho, que é apenas para deixar vocês curiosos... Okay?
Eu estou fazendo um projeto e ele está caminhando e vai ficar bem legal.
Não posso dar mais detalhes, e também acho que não vai dar para vocês participarem abertamente, (ou talvez sim).. Vocês só vão saber de tudo, ficando de olho aqui no cantinho. Pois vou fazer um post bem legal explicando direitinho! E tem apoio de autor parceiro e mais cinco blog's. Ops, já estou falando demais, então vamos esquecer isso por enquanto. Rsrs!

Hoje vocês vão acompanhar a resenha do livro dos autores Layane Ventura Ismael Artur.
Eu estou meio assim com esse livro e estou meio confusa de como colocar as ideias aqui.
Mas calma, vocês descobrir o porque e tudo mais la em baixo... Mas antes eu vou sugerir que se você é novo, ou venho para cá nesse post... Que dê uma olhadinha no post de parceria, para entender direitinho e para ver as coisinhas que a autora Layane Ventura mandou:
De Cultura a Beleza: Novos Autores Parceiros + Mimos Recebidos: Layane Ventura e Ismael Artur.

Bom, espero que tenha dado uma olhadinha viu. Rsrs!
Quanto carinho não é mesmo? Nossa lindos marcadores, Todos autografados, uma coisa mara <3
Vou já pedindo desculpa, porque era para essa resenha ter ido ao ar, na quarta-feira passada. E infelizmente só veio para cá hoje... Então sorry! E espero que as críticas que aqui tiverem, sirva para um próximo livro. Para ele ser muito bom ><

Vou parar de enrolar, e contar logo... Porque sei que vocês devem estar curiosos!
Então vamos nessa...

Iniciei a leitura dia (20/07) e Terminei a leitura dia (22/07)

Sinopse:

Resenha:

O livro contém 257 páginas, 17 capítulos, prólogo e folhas amarelas

A leitura desse livro é muito boa e super fluída. Eu quase terminei a leitura em dois dias, e pode ser terminado facilmente em apenas uma tarde. A escrita que o livro trás é ótima. É bem explicativa e dinâmica. E muito gostosa de ler, é um livro leve e muito bom para passar o tempo. Pois não é uma aventura onde você precisa se esforçar para entender. Porque o livro tem uma escrita leve e que ao andar vai perdendo o foco. Acaba sendo bem rápido, mas dificilmente uma história que você vai amar. Você apenas vai ficar feliz em ter lido!

Os personagens em todo passam certos sentimentos e você percebe que tem bastante personalidade real em cada um deles, mas acho que isso ficou exagerado, o que deixou os personagens um pouco meio forçados. Eu realmente não consegui me ligar a nenhuma das principais, achei elas muito chatinhas e sem emoção. Uma era exageradamente atrapalhada, a outra era exageradamente muito meio patricinha e enjoada. Mas o pior pessoal, é que elas agem como meninas muito novas, e se não me engano, elas já estão no terceiro ano. Então essa criancice, me afastou delas (sem contar alguns diálogos bem infantis). Eu gostei muito mais, das quatro vilãs e do Heráclito e Ago. Que são os personagens masculinos principais. Mas não vi nada de muito elaborado nos personagens.

O ponto positivo desse livro é que ele é um livro para você passar o tempo e ler sem esperar muita coisa. Pois vi nesse livro um bom desenvolvimento no começo, mas depois ele foi perdendo força e eu meio que me decepcionei. Ele tinha tudo para ser muito bom, já que tinha criado um universo legal, criado criaturas legais também, mas perdeu o foco. Inclusive uma coisa que eu achei muito legal foi observações engraçadas que o narrador fazia, ficava no rodapé da página como se fosse um significado de algo, mas era alguma tiradinha. E isso só teve duas vezes se não me engano. Uma coisa legal não teve mais. Então o livro foi escrito com uma boa intenção, mas foi decaindo. Talvez por ter mais de um escritor no livro, a sintonia não seja tão boa!

O que mais me incomodou nesse livro foi o fato das meninas descobrirem que tinham “poderes” e aceitarem de "boa". No começo, cada uma tem um sonho que representa seu elemento e quando elas acordam o quarto está revirado (ocasionada pelo elemento que aparentemente correu por ali) e as mães olham e acha normal. A que domina a terra, acorda com o quarto todo sujo e meio que destruído, com terra e a mãe dela dá uma reclamadinha como se ela tivesse derrubado um copo no chão. Sem contar que elas recebem o poder e já dominam muito bem. Sem contar que a batalha final, foi quase sempre emoção... Eu esperava muito mais. E tem informações muito repetitivas, e isso é muito chato durante a leitura. Um exemplo: Fala que as quatro estavam sentadas e chamaram elas na ordem em que elas estavam. Tudo bem, mas daí pegar e falar o nome de todas e cada direção que elas estavam é muito desinteressante. Então outro super ponto negativo. Além disso, dos personagens bem fraquinho o final também ficou muito sem nexo. A história não foi totalmente bem desenvolvida, apenas o começo! 

O final é muito aberto, pois deixa o leitor sem saber se realmente terá um segundo livro ou se acabou assim e já era, imagina aí agora. Eu quero acreditar que terá um segundo e que ele cobrirá todas as falhas do primeiro e será muito melhor! Então fica aí a dica para os autores, explorem bem mais a aventura e a preservem. Amadureçam as personagens e tirem os diálogos muito óbvios. Pois o livro é muito bom apenas para passar o tempo ou uma ótima opção para quem está lendo livros pesados. 

Depende do leitor.
Mas dá para se divertir com o livro.


Bom, quase que foram duas estrelinhas e meia... Mas como eu me diverti, foi uma leitura leve e que não cansou, eu arredondei. Mas fica aí a dica e sim, eu recomendo muito vocês lerem Histórias de Atréfora, e claro, colocar sua opinião. Pois é sempre bom saber o que as outras pessoas pensam. 

Eu quero agradecer muito a Layane Ventura, pela oportunidade, pelo carinho, pelos mimos e por ter me dado a honra de conhecer ela, que é uma pessoa boa legal e simpática. Desejo muito sucesso a você. Em uma próxima obra, tentem se unir mais e ir apenas por um caminho. Pois algumas arriscadas nem sempre são o melhor a fazer! Mas muito obrigada, espero que tenha gostado do post e da resenha. Beijos para todos vocês!

E para vocês que querem saber mais, eu vou deixar todos os meios de contato. Okay?
Blog Histórias de Atréfora.
Skoob do Livro Histórias de Atréfora.
Skoob da Autora Layane Ventura.
FanPage do Livro Histórias de Atréfora.
Livro Histórias de Atréfora na Editora Chiado.

Então espero que vocês tenham gostado.
Até amanhã com mais um post.
Beiijos e Tchau Tchau!